Skip to content

Respostas para perguntas e preocupações comuns

Exibir todos

O que é cyberbullying?

É o uso de tecnologia de comunicação de informações (celulares, computadores e outros dispositivos eletrônicos) para aborrecer alguém de propósito e repetidamente (veja nosso guia Dicas de Segurança para Cyberbullying (PDF, em inglês)).

Você pode saber mais sobre o assunto no site Cyberbullying Research Center (em inglês).

O que é “sexting”?

É o ato de enviar mensagens ou fotografias reveladoras ou de sexo explícito – principalmente usando telefones celulares.

Devo filtrar o uso da Internet pelos meus filhos?

Muitos pais acham que podem confiar em seus filhos em relação ao uso da tecnologia de forma responsável. Porém, embora este possa ser o caso, crianças podem passear, sem querer onde nunca pretenderam (ou pior, serem enganadas por um cibercriminoso). Por isso, recomendamos o uso de um produto de segurança de reputação para bloquear o acesso a sites de golpes ou que tenham sido invadidos. E, com base na idade e maturidade da criança, filtrar categorias de sites, ou sites específicos, baseado no que você acha mais apropriado. Esta tecnologia, porém, não substitui a necessidade de você orientá-los sobre o que é apropriado e o que não é, e para o informarem se encontrarem alguma coisa perturbadora.

Meu filho/filha continua me perguntando se pode entrar no Facebook. O que eu devo dizer a eles?

Primeiro, a maioria das redes sociais exige que você tenha mais de 13 anos para entrar. Mesmo que eles já tenham idade suficiente, é importante que você os acompanhe e aconselhe para que eles configurem e usem com sabedoria esta ferramenta. É importante usar as configurações mais altas possíveis de privacidade – mas a melhor maneira de manter e gerenciar uma boa reputação online é pensar que qualquer coisa que você publique possa ser compartilhada amplamente, e tratar as pessoas online (quer conhecendo-as ou não) com respeito. Saiba mais no nosso guia Dicas de Segurança para Redes Sociais(PDF, em inglês).

Que idade meu filho deve ter para que eu o deixe usar um telefone celular?

Esta é uma decisão pessoal e depende de qual será o propósito do telefone celular. Muitos pais compram um celular para seus filhos por questões de segurança – para saber que eles podem entrar em contato com os pais e serem contatados quando necessário.

Dados recentes mostram que as crianças têm um celular por volta dos 12 a 13 anos, em média, ou quando entram na escola secundária (segundo pesquisa da Pew Internet & American Life).

Além da idade, você precisa considerar se seus filhos estão prontos para serem responsáveis com seu celulares (quebra, perda) e, se forem mais velhos, ajudar a pagar os custos (mensagens, custo do uso).


Siga a Trend Micro